Juiz de Fora é uma cidade que a gente adora visitar. É cheia de lugares legais para comer e também tem muitos atrativos turísticos, além de uma interessante programação cultural. Esta foi nossa quarta vez lá e aproveitamos para conhecer alguns museus, que das outras vezes que estivemos na cidade não tínhamos conseguido ir, pois a maioria deles não abre nos fins de semana. Revisitamos também nossos cantinhos gastronômicos favoritos e conhecemos a sensação do momento. Confira abaixo o roteiro que fizemos pelos principais pontos turísticos!

O QUE FAZER

Museu Mariano Procópio

O Museu Mariano Procópio é a coisa mais linda! O comendador Mariano Procópio construiu a Vila Ferreira Lage para receber Dom Pedro II na inauguração da estrada de ferro, que ligava Petrópolis a Juiz de Fora. Em 1915, o espaço que compreende um parque, a casa de 1861 e um anexo construído para abrigar as obras de arte da família, foi transformado em museu. Em 2016, o anexo, com uma pequena parte da acervo (pouco mais de 100 do total de mais de 50 mil peças) foi restaurado e reaberto ao público. Já a casa está fechada há mais de 10 anos, por falta de projetos e recursos financeiros da prefeitura para restauração.

Rua Mariano Procópio, 1.100

(32) 3690-2200

www.pjf.mg.gov.br/administracao_indireta/mapro

 

 

 

 

 

 

 

Memorial da República Presidente Itamar Franco

Adoramos conhecer o Memorial da República Presidente Itamar Franco! O juiz-forano Itamar Franco nasceu em 1929 e faleceu em 2011. Formou-se em engenharia e dedicou sua vida à política, tendo atuado como vereador e prefeito de Juiz de Fora, governador de Minas Gerais, senador, embaixador, vice-presidente e presidente da república. Seus maiores feitos foram o plano real, o incentivo ao carro popular, os medicamentos genéricos, o programa de combate à fome, a escola em tempo integral e o programa de habitação de baixo custo. No memorial está parte do acervo pessoal doado pela família do ex-presidente, que conta sua vida e registra seus principais feitos.

Rua Benjamin Constant, 790

(32) 3212-2078

www.mrpitamarfranco.com.br

 

 

 

 

 

 

 

Museu de Arte Moderna Murilo Mendes

O Museu de Arte Moderna Murilo Mendes fica ao lado do Memorial da República Presidente Itamar Franco. Na fachada tem um painel maravilhoso do Cândido Portinari, intitulado Tiradentes, que retrata a Inconfidência Mineira, e pertencia ao Colégio de Cataguases. O museu reúne o acervo que era de Murilo Mendes, poeta e crítico de arte, nascido em Juiz de Fora, em 1901. Tem também exposições temporárias como as que vimos: Juiz de Fora na Verde, que exibe exemplares de uma revista modernista de Cataguases do início do século XX; e Contemplação de Ouro Preto, que mescla versos de Murilo Mendes e obras de artistas como o juiz-forano Carlos Bracher.

Rua Benjamin Constant, 790

(32) 3229-9070

www.museudeartemurilomendes.com.br

 

 

 

 

 

 

 

Espaço Mascarenhas

O Centro Cultural Bernardo Mascarenhas, conhecido também como Espaço Mascarenhas rouba nosso olhar numa das avenidas mais movimentadas da cidade, a Getúlio Vargas. O enorme prédio rosa, com 70 janelas na fachada, é a antiga fábrica de tecidos, inaugurada pelo empresário Bernardo Mascarenhas, em 1888. Atualmente é um espaço cultural que recebe exposições como a JF Foto 17, que pudemos conferir. Abriga ainda, em anexos, a Biblioteca Municipal Murilo Mendes e o Mercado Municipal de Juiz de Fora.

Avenida Getúlio Vargas, 200

(32) 3690-7052

www.facebook.com/paginadoCCBM

 

 

 

 

 

 

 

Museu Ferroviário

O Museu Ferroviário, que fica na antiga sede da Estrada de Ferro Leopoldina, tem 400 peças entre mobiliário, instrumentos de trabalho e comunicação, livros técnicos, fotografias, equipamentos científicos, louças e miniaturas. Mas os destaques são as duas locomotivas a vapor originais, na parte externa. O acervo e o prédio são tombados pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (IEPHA).

Avenida Brasil, 2001

(32) 3690 7055

www.pjf.mg.gov.br/administracao_indireta/funalfa/mf/index.php

 

 

 

 

 

 

 

*Todos os museus tem entrada gratuita!

Cine-Theatro Central

O Cine-Theatro Central, inaugurado em 1929, é um ícone de Juiz de Fora. A grande surpresa foi quando entramos e ficamos boquiabertos com a ornamentação assinada pelo pintor italiano Ângelo Bigi. A capacidade máxima do teatro são 1.232 lugares e o espaço recebe inúmeros espetáculos de teatro, dança e música. Em 2016, assistimos ao show do Almir Sater, a convite do produtor de eventos Jackson Martins.

Praça João Pessoa, s/nº – Centro – Calçadão da Rua Halfeld

(32) 3215-1400

www.theatrocentral.com.br

Responder